Igreja Matriz de Parada de Gonta

Pintura s/tela em acrilico.

 

Pavia moras no fundo
Namoras Parada amiga
És o mais lindo do Mundo
E esta Igreja que o diga.       Do Amigo Zé Carrapato

 

 

Que fresca aldeia formosa

Na margem do meu Pavia!

Tão branca, tão buliçosa,

Tão sussurante e donosa

No seu copado arvoredo

(...) Do poeta Tomás Ribeiro

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
publicado por Arte por um Canudo às 21:07