Em memória do Euro 2004

“Foi Povo”
Foi pranto,
foi expectativa,
foi espanto,
foi povo
a acreditar
que esta terra
tem mar.
Um mar de gente
que de lés a lés,
teve a bola a seus pés.
Jogou com o coração,
jogou com a selecção
de bandeira na mão.
Foi mastro,
foi leme,
foi navio,
foi povo conquistador.
Foi memória
colectiva de um povo,
que sabe
e sente
que passar o Bojador, 
é passar para além
da dor.

Autora: Maria do Céu Costa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
publicado por Arte por um Canudo às 02:57