O governo brinda e o povo sofre

 (carregar na imagem)

Quem vê a folha de vencimentos deste mês não consegue perceber como é possivel cortar tanto nos salários de quem trabalha. Sou brando por natureza e tenho o gene que caracteriza qualquer português, mas qualquer saco de tanto levar enche e o meu também já começa a transbordar.

Ridiculo o que se está a fazer aos funcionários públicos, pensionistas e reformados, estão a pagar a crise e ainda lhes dizem estejam caladinhos porque ainda têm trabalho (funcionários no ativo). Isto de ter de trabalhar mais horas e ganhar menos é um retrocesso social. Trabalho sim, queremos, mas com dignidade.

Por alguma razão quando perguntaram ao Sr. Primeiro-Ministro, Passos Coelho, o que faria como funcionário público e ele respondeu prontamente, não sou funcionário público. Até o Zé Povinho compreende esta tirada de Passos Coelho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
publicado por Arte por um Canudo às 22:02