Vitor Gaspar e o FMI

Os políticos portugueses apesar dos falhanços sucessivos na condução do país não são esquecidos para cargos importantes de instituições internacionais. Parecem ser casos de sucesso que aos olhos do simples cidadão/povo criam muita confusão.

Vitor Gaspar no FMI, José Luís Arnaut no Goldman Sachs e Álvaro Santos Pereira na OCDE são os últimos casos de sucesso.

Atualmente a única profissão com garantias de emprego no país e no estrangeiro é ser político dos partidos do arco do poder.

Não precisa de qualquer curso e só tem é que saber mentir como se estivesse na posse da verdade. Na política o que se promete pode-se não cumprir que o mérito é-lhe sempre reconhecido seja em instituições portuguesas ou seja em instituições estrangeiras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
publicado por Arte por um Canudo às 21:39